As juventudes partidárias

As juventudes partidárias constituem um importante espaço político dentro dos partidos e tem por objetivo integrar a militância jovem na vida partidária. Trata-se de verdadeira escola de formação de novas lideranças políticas e uma ferramenta eficaz, se bem trabalhada, para produzir a oxigenação dos quadros, das idéias e da imagem do partido.

Conectar o jovem com a Política, nos tempos pós modernos, parece ser tarefa de difícil execução, dada toda a pasmaceira que contamina a atividade política e afasta a Juventude dessa seara, muitas vezes levando todo o dinamismo do jovem para várias outras esferas, fazendo com que não haja a necessária renovação dentro dos partidos políticos.

No entanto, apesar de todo o negativismo que permeia a Política nos dias de hoje, não podemos desanimar e desamparar a Juventude que deve ser capaz de aproximar os partidos partido das bases jovens em todos os segmentos e em todo o espectro ideológico, aproveitando o empreendedorismo, o dinamismo e a capacidade de indignação da Juventude para promover as necessárias mudanças nos quadros partidários.

As Juventudes partidárias devem estar preocupadas em levar os ideais da ideologia do seu partido à sociedade, e buscar difundir seu pensamento político nos meios jovens, de modo a arrebanhar mais seguidores, fortalecendo assim seu grupo e expandindo as fronteiras da sua influência ideológica.

Além disso, é primordial agregar jovens simpatizantes, promovendo a constante formação de novas lideranças e buscando permanentemente qualificar os jovens através de cursos de formação política, visitas da Juventude aos Parlamentos municipal, estadual, nacional, estímulo para que os jovens se envolvam nos inúmeros projetos sociais que existem etc.

Ampliar a conscientização política dos jovens é objetivo fundamental da atuação das juventudes partidárias, devendo começar pelos diversos setores do movimento social e estudantil, espaço natural onde o jovem estudante terá os seus primeiros contatos com a Política, e que precisa oferecer condições para que ele amadureça suas primeiras noções de liderança e de conscientização política.

Enfim, participar, contribuir e influenciar nas decisões dos partidos, buscando exercitar o espírito de grupo e a criação de consensos nas decisões também faz parte da atividade política dos jovens que buscam amadurecimento político dentro das juventudes partidárias.

Ademais, ao criarmos novas lideranças com massa crítica suficiente para reforçar a pressão da sociedade e dos partidos políticos pela formulação de Políticas Públicas de Juventude, estaremos também trabalhando pela melhoria das condições de vida da juventude brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *